quarta-feira, 20 de maio de 2020

Enfermeiro americano posta antes e depois de batalha contra COVID-19 e choca redes

O post do enfermeiro Mike Schultz sobre sua saúde após ser diagnosticado com COVID-19 (Foto: Instagram)
O post do enfermeiro Mike Schultz sobre sua saúde após ser diagnosticado com COVID-19 (Foto: Instagram)
Um enfermeiro norte-americano de 43 anos chocou as redes sociais ao compartilhar no Instagram uma montagem que mostra seu corpo antes e depois de sua batalha contra a COVID-19. Mike Schultz revelou ter perdido 22 quilos durante o seu período com a doença.
“Queria mostrar a todos o que pode fazer a sedação por seis semanas em um respirador”, escreveu o enfermeiro na legenda da montagem. “A COVID-19 reduziu minha capacidade pulmonar com a pneumonia. Durante oito semanas, estive longe da família e dos amigos. Fico mais forte a cada dia e trabalho para aumentar minha capacidade pulmonar”.
“Eu queria mostrar que pode acontecer com qualquer um, não importa se voce é jovem ou velho, tenha problemas de saúde ou não”, afirmou Schultz em entrevista ao site norte-americano BuzzFeed por conta da comoção em torno de seu post, que já tem mais de 18 mil curtidas.
Hoje em casa e se recuperando do período internado, o enfermeiro contou que quase não conseguiu ficar em pé ao fazer a foto de sua forma física atual.
“Eu fiquei muito fraco e isso é uma das coisas mais frustrantes. Eu não conseguia segurar o meu celular, ele estava muito pesado. Eu não conseguia digitar, porque a minha mão tremia demais”, relatou o profissional da saúde.
De acordo com Schultz, ele perdeu por completo a noção do tempo durante suas três semanas internado: “No final, eu achei que só tinha passado uma semana”.
O enfermeiro contou que acredita ter sido infectado em uma festa em Miami com o namorado, da qual pelo menos outras 38 pessoas também saíram contaminadas pelo coronavírus.

Fonte: Revista Monet
Entre as celebridades que já foram diagnosticadas com COVID-19 estão o ator Tom Hanks e a esposa cantora Rita Wilson; a modelo  Olga Kurylenko; os atores Idris Elba, Kristofer Hivju e  Daniel Dae Kim; o apresentador Plácido Domingo; e a cantora Pink.Os EUA são atualmente o país com o maior número de casos confirmados e mortos com a doença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário