quarta-feira, 13 de maio de 2020

Em comunicado, Igrejas Batista de Caicó, Timbaúba dos Batistas e Jardim de Piranhas se posicionam contra retomada de encontros presenciais nos templos religiosos

As igrejas: Primeira Igreja Batista em Caicó e Primeira Igreja Batista em Timbaúba dos Batistas, esta segunda junto a sua Congregação Batista em Jardim de Piranhas, vem por meio deste comunicado informar que:
Os conselhos destas igrejas, que individualmente representam cada um, aos seus membros e congregados; vem a público reafirmar seu compromisso no combate à pandemia de COVID-19, já expresso em carta aberta à sociedade que cada igreja publicou individualmente, e ao mesmo tempo vem solidarizar-se àqueles que direta ou indiretamente estão sendo assolados por essa pandemia, sobretudo, aqueles que tenham passado pela experiência dolorosa desta enfermidade e aos que perderam entes queridos e pessoas próximas.
Estamos observando todas as decisões no âmbito municipal, estadual e federal e cumprindo rigorosamente às recomendações das autoridades de saúde além de promover as mesmas entre nossos membros, congregados e sociedade em geral.
As transmissões de cultos e momentos de louvor e reflexão são realizadas de acordo ao que regulam tais decretos e orientações e obedecendo as recomendações das autoridades de saúde no tocante aos cuidados necessários exigidos.
Entendemos que diante do atual cenário em nossa cidade, região, estado e país é totalmente desaconselhável neste momento a retomada de encontros presenciais ainda que esses fossem regulados por todas as práticas e orientações dos órgãos de saúde.
Entendemos o papel importante que as igrejas e a religião, sem exceção de nenhum credo, exercem na sociedade, mas entendemos que esta atividade tão essencial à vida só é exercida por pessoas que neste momento precisam ser preservadas naquilo que para a religião é sagrado. A vida.
Por isso nesse momento ainda que com o custo alto de não estarmos juntos, algo que muito nos pesa dada a relação pessoal e afetiva que temos entre toda a nossa família da fé nosso entendimento é de que ainda não é momento de retomarmos as atividades coletivas presenciais.
Oramos incessantemente pela restauração dos enfermos, observamos e esperamos das autoridades trabalho: diligente, criterioso e humano. Estamos agindo de maneira prática para além das necessidades de nossa congregação e em Deus esperamos aquilo que toda humanidade espera, caminhos para a cura e um futuro resignificado por todos os ensinamentos deste tempo.
Fraternal e solidariamente:
PIB Caicó;
PIB Timbaúba dos Batistas;
Congregação de Jd. De Piranhas.

Fonte: Blog Jair Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário