quarta-feira, 29 de abril de 2020

'Tinha prazer em ajudar os outros', diz filho de mulher morta por Covid-19 em Mossoró, RN

Goreti Melo acompanhada dos filhos e do marido — Foto: Arquivo da família
Goreti Melo acompanhada dos filhos e do marido — Foto: Arquivo da família
Maria Goreti Melo Freitas Martins tinha 67 anos de idade e morreu vítima da Covid-19 em Mossoró, no Oeste potiguar, na noite desta segunda-feira (27). Goreti foi primeira-dama da cidade de Severiano Melo, onde nasceu, por três vezes e era conhecida no município mossoroense. “Uma pessoa que tinha prazer em ajudar os outros. Uma pessoa de um coração que não vi outro igual”, resumiu um dos filhos, o médico Rodolfo Maciel.
Goreti era diabética, hipertensa e sofria com problemas renais. Segundo Rodolfo, no dia 17 de abril a mãe relatou problemas para urinar. No dia seguinte, teve febre e diarreia.
Na segunda-feira posterior, dia 20, fazia hemodiálise, quando se sentiu mal. Não conseguiu concluir o procedimento, que realizava periodicamente por causa das complicações nos rins. “Até ali não apresentou tosse e os sintomas conhecidos da Covid-19”, reforça o filho.
Rodolfo Maciel conta que ele e seus irmãos, a médica Bárbara Nicoly, o dentista Renato Lúcio e o bioquímico Luis Antônio, estavam de quarentena, porque todos trabalham na área da saúde. Então Goreti só teve contato com o pai deles, o ex-prefeito de Severiano Melo, Silvestre Monteiro Martins.
Ainda no dia 20, ela sentiu-se mal novamente, já em casa. Foi levada para o hospital e, lá, realizou uma tomografia. O exame indicou a suspeita de Covid-19. Goreti então foi internada em uma enfermaria. De acordo com Rodolfo, na quarta-feira, dia 22 de abril, a mãe teve outro mal estar enquanto realizava a hemodiálise. Na madrugada da quinta, dia 23, teve falta de ar pela primeira vez.
O filho relata que foi aí que ela foi internada na UTI, porém não precisou ser entubada e nem teve agravamento do quadro. Foi uma medida de precaução, segundo Rodolfo. A essa altura já havia se confirmado que Goreti estava com o novo coronavírus.
“Ela evoluiu bem e estava consciente”, afirma Rodolfo Maciel. Nesta segunda-feira (27), Goreti Melo realizou hemodiálise novamente e mais uma vez passou mal. “Ela convulsionou e teve uma parada cardíaca. Os colegas tentaram reanimá-la, mas não conseguiram”, detalha o filho.
Maria Goreti Melo Freitas Martins era casada há 40 anos com Silvestre Monteiro Martins, que foi prefeito de Severiano Melo três vezes. Os dois tinham oito netos.

Fonte: G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário