domingo, 26 de abril de 2020

26 pessoas que participavam de competição de 'canto de pássaros' são detidas por descumprirem isolamento social no RN

Evento com criadores de pássaros foi fechado pela PM por descumprir medidas de isolamento social, neste domingo 26/04, em Parnamirim — Foto: PM/Divulgação
Evento com criadores de pássaros foi fechado pela PM por descumprir medidas de isolamento social, neste domingo 26/04, em Parnamirim — Foto: PM/Divulgação
Pelo menos 26 pessoas foram detidas e levadas à delegacia, na manhã deste domingo (26), por descumprirem as normas do decreto que proíbe aglomerações e eventos com mais de 20 participantes durante a pandemia do novo coronavírus no Rio Grande do Norte. Elas estavam em uma competição de "canto de pássaros" da espécie papa-capim em Parnamirim, na Grande Natal.
De acordo com a Companhia Independente de Proteção Ambiental (Cipam), outras pessoas também participavam do evento, mas conseguiram fugir quando perceberam a chegada das equipes.
Os envolvidos foram levados ao complexo de delegacias da avenida Ayrton Senna, na Zona Sul da capital. De acordo com a Polícia Ambiental, a maior parte dos animais são anilhados e legalizados, porém o evento não tinha autorização do Ibama para acontecer, além de provocar aglomeração de pessoas, o que está proibido pelo decreto estadual para prevenção da Covid-19.
O caso foi flagrado em uma espécie de galpão de uma casa de recepções no bairro de Nova Esperança. No local, além das gaiolas com pássaros, a polícia encontrou troféus e fichas. Os envolvidos e os pássaros foram levados ao complexo de delegacias onde está funcionando um plantão especial para casos de descumprimento ao decreto.
Ao todo, foram encontrados 54 pássaros anilhados (legalizados) e 4 sem sem anilha, além de cinco 5 animais que não tiveram dono identificado.
Na delegacia, os envolvidos eram ouvidos pelo delegado de plantão até a publicação desta matéria. Eles deverão ser liberados, mas responderão pelos atos. Os pássaros legalizados também deverão ser devolvidos aos donos, segundo a PM.

Fonte: G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário