terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Governo federal corta 94% do investimento em atletas militares

Esse é o menor aporte previsto desde o lançamento do Programa Atletas de Alto Rendimento das Forças Armadas (PAAR), em 2008
O investimento do governo federal em verbas de infraestrutura e viagens destinada aos atletas militares despencou de R$ 10 milhões, em 2019, para R$ 600 mil em 2020, um decréscimo de 94% no primeiro orçamento sob a presidência de Jair Bolsonaro.
Esse é o menor aporte previsto desde o lançamento do Programa Atletas de Alto Rendimento das Forças Armadas (PAAR), em 2008. A informação foi obtida pelo jornal Folha de S. Paulo, via Lei de Acesso à Informação.
“Se me dessem mais, eu teria. Não fui eu quem pediu R$ 600 mil”, afirmou o general Jorge Antonio Smicelato, diretor do departamento de Desporto Militar do Ministério da Defesa. “Temos que atender a várias frentes, como a de formação e os programas sociais. Então, eu manobro com o orçamento de R$ 600 mil”, afirmou.
É recorrente que haja uma redução de verba para o programa nos anos de Jogos Olímpicos, como será em 2020 com Tóquio. Isso porque não sai das Forças Armadas o investimento direto para a participação do País nesses eventos, mas sim do COB. Ainda assim, a queda nessa proporção é inédita.​

Fonte: Agora RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário