domingo, 19 de janeiro de 2020

Toffoli pede para PGR se manifestar sobre pedido de Flávio sobre caso Queiroz

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, decidiu neste sábado, 18, na véspera de deixar o comando do plantão do STF, pedir que a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifeste sobre o pedido da defesa do senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) para suspender novamente as investigações do caso Queiroz. As informações são do jornal Estado e da agência Estadão Conteúdo.
A investigação mira um suposto esquema de “rachadinha” no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio, quando ele era deputado estadual. A partir deste domingo, 19, o vice-presidente do STF, ministro Luiz Fux, assumirá o plantão do tribunal, sendo responsável pela análise de casos considerados urgentes. O STF retoma suas atividades regularmente em fevereiro.

Fonte: BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário