quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Remuneração a juíza do TJPE chega a mais de R$ 1 milhão em novembro

Foto: Divulgação/Fenamp
Ao analisar toda a folha de pagamento, que engloba servidores, juízes e desembargadores do TJPE, a campeã é a juíza Marylusia Pereira Feitosa de Araújo.
O rendimento bruto da magistrada, que atua na vara de violência contra a mulher, no Recife, foi de R$ 1.298.550,56.
De acordo com dados do TJ-PE, ela recebeu R$ 1.251.328,5 apenas de “vantagens eventuais”. O salário-base dela é R$ 33.689,11.
Neste item, estão inclusos o “abono constitucional de um terço das férias, indenização de férias, antecipação de férias, gratificação natalina, antecipação de gratificação natalina, serviços extraordinários, substituição, pagamentos retroativos, além de outras desta natureza”.
Pelo sistema de transparência do TJ-PE, não é possível saber em qual ponto específico incide o rendimento.
A juíza ganhou pouco mais de R$ 9.000 a título de “vantagem pessoal”, que contabiliza adicional por tempo de serviço, quintos, décimos e vantagens decorrentes de sentença judicial ou extensão de permanência. Ela também recebeu R$ 3.368,91 de gratificações.

Fonte: Folha de SP
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário