terça-feira, 19 de novembro de 2019

Homens são condenados a 24 anos de cadeia por chacina nas Rocas no ano de 2017

O Tribunal do Júri condenou dois homens – integrantes de uma facção criminosa – acusados de realizarem uma chacina no bairro das Rocas, em Natal, no ano de 2017. Eles responderam pela prática de seis crimes de homicídio duplamente qualificado, sendo quatro consumados e dois tentados.
Com isso, Jonas da Silva Gomes e Edivaldo Fagundes da Rocha foram condenados às penas de 24 anos e dois meses de reclusão cada, que devem ser cumpridas inicialmente em regime fechado.
O caso
O fato ocorreu no dia 27 de setembro de 2017, por volta das 13h, em um imóvel situado no “Beco do Releixo”, Rocas, em Natal. De acordo com a denúncia, a vítima Vladson Barros de Andrade mantinha no imóvel onde foi assassinado um ponto de venda de drogas, além de ser integrante de uma facção criminosa.
Em razão dessa atividade ilícita, a residência de Vladson era constantemente frequentada por usuários de drogas e pessoas que desejavam vender ou trocar objetos, como era o caso das demais vítimas Dayse Suely França, Radanézio Barbosa, Eduardo Alisson de Oliveira, Sidney Faustino Justino dos Santos e Edson Castro Ribeiro.
Além do mais, Vladson pretendia fundar uma nova facção criminosa com atuação no bairro das Rocas, o que gerou um descontentamento dos líderes da facção que ele integrava. Por este motivo, os réus Jonas da Silva e Edvaldo Fagundes da Rocha se uniram para matar Vladson.
Dessa maneira, se deslocaram até a residência de Vladson e, de arma em punho, passaram a efetuar disparos contra todos que estavam na residência, atingindo fatalmente Dayse Suely França, Radanézio Barbosa, Eduardo Alisson de Oliveira e Vladson Barros de Andrade, que vieram a óbito ainda no local.
Quanto a Sidney Faustino Justino dos Santos e Edson Castro Ribeiro, estes foram feridos, mas conseguiram sair do imóvel e serem socorridos.

Fonte: Portal no Ar

Nenhum comentário:

Postar um comentário