quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Fátima faz discurso de boas-vindas em Seminário na China

Como única representante brasileira convidada a participar do Seminário de Comunicação e Cooperação Financeira Internacional da iniciativa “Um Cinturão, Uma Rota”, que acontece em Pequim, na China, a Governadora Fátima Bezerra foi responsável por proferir o discurso de boas-vindas na cerimônia de abertura do evento, que teve início nesta terça-feira (26).
O Seminário, direcionado para os países de língua portuguesa, é realizado pelo Banco da China e segue até o dia 4 de dezembro na cidade de Lisboa, em Portugal, onde acontece a segunda parte da programação.
“Vejo o Seminário como uma importante oportunidade de estreitar nossos laços de amizade não só com a China, mas com os demais países aqui presentes, e aproveito para saudar os representantes de Portugal, São Tomé e Príncipe, Guiné-Equatorial, Timor Leste, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau e da região autônoma de Macau aqui presentes”, destacou a governadora ao iniciar suas palavras.
Na ocasião, Fátima reconheceu o papel da Cônsul Geral para o Nordeste, Iên IûChín, no fortalecimento dos laços com a China. “Ela esteve no Rio Grande do Norte neste ano, com uma comitiva muito representativa, e pudemos apresentar nossas potencialidades e oportunidades de negócios. Talvez pelo fato de ser, atualmente, a única mulher a governar um Estado em meu país, tenhamos tido uma identificação tão forte nesta visita, e construído uma relação muito frutífera”, disse.
Nesta quarta-feira (27), como parte da programação do segundo dia de Seminário, os participantes irão se reunir com a diretoria da China General Nuclear e Power Corporation (CGN), que adquiriu, neste ano, dois campos de produção de energia eólica no RN, nos municípios de João Câmara e Parazinho – Eurus II e Renascença V – implantados pela Atlantic Energias Renováveis, empresa com atuação também no Piauí, Bahia e Rio Grande do Sul, incorporada pelos chineses.
Em agosto, a Governadora Fátima Bezerra recebeu os diretores da CGN, que despertaram interesse em ampliar investimentos na produção de energia eólica e solar e na instalação de uma fábrica de equipamentos para os dois setores.
“A China tem capacidade de investimento e tecnologia. Nós, temos enormes potencialidades, a exemplo da área das energias renováveis, que é um dos setores-chaves da economia chinesa, e temos políticas para atrair esses investimentos. Queremos estabelecer uma relação de confiança, garantindo segurança jurídica aos negócios que vocês tenham interesse em empreender”, afirmou a Chefe do Executivo Estadual ao lembrar o foco da gestão em alavancar a economia e gerar empregos para a população.
Acompanham a governadora nesta viagem, o titular da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), Jaime Calado e o assessor técnico da Sedec, Pedro Henrique Lima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário