quinta-feira, 14 de novembro de 2019

187ª: Corpo de um homem completamente carbonizado e apresentando marcas de pancada na cabeça é encontrado na zona rural de Mossoró

Depois do registro de 24 e 23 mortes nos meses de setembro e outubro de 2019, respectivamente a violência homicida volta a assustar a cidade de Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte. Sobe para 08 o numero de homicídios nos 13 dias do mês de novembro de 2019. Da noite de terça feira, 12 para a manhã de hoje, 13 de novembro, três pessoas foram assassinadas na cidade.
Na noite de ontem Luiz Eduardo Dias de Souza de 18 anos de idade, morreu em confronto com a policia no bairro Belo Horizonte. Segundo informações ele estava com dois comparsas num carro roubado e reagiu a abordagem da policia.
Na madrugada de hoje, três casas foram arrombadas a tiros nos paredões e numa delas criminosos balearam Francisco Emerson Gabriel Maia Rodrigues, que morreu a caminho do Hospital regional Tarcísio Maia.
Por voltas das 07 horas da manhã, funcionários de uma empresa localizaram o corpo de um homem, completamente carbonizado e apresentando sinais de espancamento na parte de trás da cabeça. O corpo estava às margens de uma estrada carroçável de acesso ao campo de petróleo Pajeú, próximo ao Assentamento São José e a comunidade de Pedra Branca.
A policia não tem informações sobre a identidade da vitima que teve o corpo queimado e nem dos possíveis assassinos, mas não descarta a possibilidade do crime ter relações com os elementos que trocaram tiros com a policia na noite de ontem. Na mala do carro apreendido ontem, no bairro belo Horizonte, havia marcas de sangue, que pode ser da vitima encontrada com o corpo carbonizado.
Com pouca possibilidade de identificação no local do crime, o corpo carbonizado foi removido para exames de necropsia na Unidade regional do Itep em Mossoró.

Fonte: O Câmera

Nenhum comentário:

Postar um comentário