quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Suspeito é preso após roubar carros em sequência em Natal; motorista de aplicativo é baleado

Policiais a paisana conseguiram render criminoso em Nova Parnamirim, quando ele fazia quarto assalto — Foto: Reprodução
Policiais a paisana conseguiram render criminoso em Nova Parnamirim, quando ele fazia quarto assalto — Foto: Reprodução
Um suspeito de tomar pelo menos quatro carros de assalto em sequência, além de uma moto, entre o conjunto Pirangi, em Natal, e o bairro Nova Parnamirim, no município de Parnamirim, foi baleado e preso após policiais militares a paisana presenciarem um dos crimes nesta terça-feira (24). Em um dos assaltos, o criminoso baleou um motorista de aplicativo, que foi atingido no braço e levado ao pronto-socorro Clóvis Sarinho.
O suspeito tomou de assalto um Voyage, um Palio, um Versa e, por fim, um Onix. Na última tentativa, ele bateu com o veículo que estava atrás do Onix e, com o acidente, conseguiu abordar as duas mulheres para tomar o carro.
Policiais militares à paisana presenciaram esta última ação do criminoso, no entanto. No momento em que ele se preparava para fugir com o carro, um dos policiais efetuou um disparo que atingiu de raspão o braço do bandido, que caiu no chão da pista e foi rendido em sequência.
Segundo explicou a Policia Militar, o criminoso roubava um veículo, ficava com os pertences da vítima e buscava outro carro para fazer o mesmo procedimento, abandonando o veículo anterior. De acordo com a PM, o suspeito preso tem 20 anos e passagens pela polícia pelo crime de furto.
O tiro atingiu o suspeito de raspão e ele seguiu para a Central de Flagrantes. Já o motorista de aplicativo, vítima do disparo do assaltante, teve um dos braços atingido vai precisar passar por cirurgia. Ele foi encaminhado para o pronto-socorro Clóvis Sarinho, em Natal, para receber atendimento.
De acordo com o delegado Frank Albuquerque, que estava de plantão na Central de Flagrantes, o criminoso será indiciado por cinco assaltos a mão armada e um assalto com resultado em lesão corporal grave.

Fonte: G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário