terça-feira, 27 de agosto de 2019

Corpo encontrado sem cabeça em Mossoró é de suspeito de matar namorada de 14 anos

Terreno onde o corpo foi encontrado fica no conjunto Nova Vida, no final da Rua Professor Anderson de Araújo — Foto: Hugo Andrade/Inter TV Costa Branca
Terreno onde o corpo foi encontrado fica no conjunto Nova Vida, no final da Rua Professor Anderson de Araújo — Foto: Hugo Andrade/Inter TV Costa Branca
A Polícia Civil identificou o corpo encontrado na manhã desta terça-feira (27) sem cabeça e com as mãos amarradas em meio a um matagal no bairro Dom Jaime Câmara, em Mossoró, na região Oeste potiguar. Segundo a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o morto é Paulo César Targino Júnior, de 20 anos, um dos cinco jovens que fugiu do Centro Educacional (Ceduc) de Mossoró na tarde da segunda (26). A identificação da vítima também foi confirmada pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).
Ainda de acordo com a Polícia Civil, Paulo César cumpria medida socioeducativa desde 2017, quando foi apreendido suspeito pela morte da própria namorada, uma garota de 14 anos, vítima de um disparo de arma de fogo na cidade de Patu.
A confirmação da identificação do corpo decapitado, no entanto, aconteceu após exames de impressão digital, já que, visualmente, não foi possível fazer o reconhecimento porque a cabeça ainda não foi encontrada.
Apologia ao crime
A Polícia tem em mãos uma filmagem gravada a partir de um aparelho celular que mostra uma cabeça enrolada em uma saca de farinha. As imagens foram registradas pelos próprios assassinos, e que vazaram em grupos de WhatsApp. Nelas, é possível ver o rosto de Paulo César.
No vídeo, ainda aparecem mãos de pelo menos três pessoas fazendo símbolos e menção a uma facção criminosa que age no estado.

Fonte: G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário