quarta-feira, 17 de julho de 2019

SUSPEITO DE MATAR MULHER DENTRO DE MOTEL É PRESO BEBENDO EM BAR

“Fui eu que matei porque ela estava me traindo”. Dessa forma, um homem preso na noite da terça-feira confessou tranquilamente um feminicídio praticado horas antes em um motel em São Gonçalo do Amarante, Região Metropolitana de Natal. Cláudio Henrique da Silva, 47 anos, estava bebendo em um bar quando foi localizado pela polícia. Segundo a polícia, ele mantinha um relacionamento casual havia alguns meses com a vítima, Damiana Dagina Linhares, 26 anos.
A identificação de Cláudio como autor do crime ocorreu graças a imagens de câmeras de segurança instaladas perto de onde ocorreu o crime. As imagens mostram um casal caminhando antes de entrar a pé no motel, por volta das 12h30 da terça-feira. Em outro vídeo captado pelo circuito do estabelecimento, o casal aparece entrando em um quarto. Horas depois, o homem deixa o local sozinho segurando um objeto em uma das mãos.
O corpo de Damiana foi encontrado horas depois com sinais de estrangulamento. De acordo com a Polícia Civil, indícios coletados na cena do crime indicam que ela pode ter sido morta com um fio de telefone. O suspeito conseguiu fugir do motel pulando o muro.”Analisamos as imagens das câmeras de segurança internas e externas para saber para onde ele fugiu”, explicou o delegado do caso, Luciano Augusto.
Logo depois do início das diligências, o suspeito foi localizado. O delegado afirmou não foi possível fazer o interrogatório imediatamente depois da prisão porque Cláudio estava alcoolizado. Ele foi foi autuado em flagrante por feminicídio.
Na delegacia, foi constatado que o suspeito já havia sido indiciado por um latrocínio também cometido em São Gonçalo do Amarante. Ele também cumpria pena em regime semi-aberto depois de ser condenado por roubo.
De acordo com informações preliminares coletadas pela polícia, Damiana tinha problemas mentais e a família dela não aceitava o relacionamento com Cláudio. Exames feitos pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) constataram que ela sofreu golpes desferidos com um objeto semelhante a uma faca e apresentava hematomas no pescoço.

Fonte: OP9/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário