quinta-feira, 27 de junho de 2013

Carro da TV Diário é queimado em Fortaleza, e 84 são detidos

Após uma hora de manifestação pacífica, uma minoria radical entrou em confronto com a polícia no entorno do estádio Castelão, na tarde desta quinta-feira (27). De acordo com o major Valetim, que monitora o protesto, essa foi a manifestação mais violenta desde o início dos protestos em Fortaleza. “A gente sabe que a maioria vem em paz, mas infelizmente sempre se infiltram os baderneiros e começa isso”, diz o major.
Cerca de mil se concentraram a 700 metros do Castelão, onde jogam Espanha e Itália pelas semifinais da Copa das Confederações. O grupo foi barrado por um fileira de policiais, que impedia a passagem dos manifestantes até o perímetro que a Fifa determina como limite.
Pelo menos três veículos da imprensa foram total ou parcialmente destruídos. Um carro da TV Diário, de Fortaleza, foi incendiado. Um ônibus que levava torcedores ao estádio foi depredado e deixou pelo menos duas pessoas feridas.

Fonte: Lindomar Rodrigues